21 de abr de 2010



Só eu e meu mundo:

uma casa pequena
um jardim florido
meus versos
meus sonhos
meu silêncio
teu nome.

Pati K

13 de abr de 2010



Ainda choro lágrimas de amor escorrido
do sonho cansado que se foi.
O bem-te-vi ainda canta no outono que
perde as folhas
no fundo do meu jardim.
Fios de luar iluminam a solidão do céu
e eu, coração perdido
no quarto vazio a ouvir o vento,
esqueço de tudo
e ainda te espero.

Pati K






(Joaquim Pessoa)

(...)
"Quem ao menos me dera
um punhal que arrancasse de vez esta dor.
Pelas costas do medo. Pelo ventre da espera.
Meu amor quem me dera
um punhal pelo menos.
Ou então uma flor.

No silêncio da espera.

No silêncio da espera
ficaremos de cera.
Perderemos a cor.

Se embarcarmos no sonho
numa nave de pedra
numa onda perdida
no silêncio da espera
num silêncio medonho
perderemos a vida."
(...)




(Al Berto)

(...)

"mas já me doem as veias quando te chamo
o coração oxidado enjaulou a vontade de te amar
os dedos largaram profundas ausências sobre o rosto
e os dias são pequenas manchas de cor sem ninguém

ficou-me este corpo sem tempo fotografado à sombra da casa
onde a memória se quebra com os objectos e amarelece no papel
pouco ou nada me lembro de mim"

(...)

Em *O Medo*


12 de abr de 2010

Na mesa de cabeceira,esperando a vez:

Mentes Perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva
Minhas duas estrelas de Peri Ribeiro e Ana Duarte
Matar para não morrer de Mary Del Priore
Raízes do Brasil de Sérgio Buarque de Holanda

6 de abr de 2010




(Joaquim Pessoa)

"Se ao menos soubesses tudo o que eu não disse

ou se ao menos me desses as mãos como quem beija
e não partisses, assim, empurrando o vento
com o coração aflito, sufocado de segredos;
se ao menos percebesses que eram nossos
todos os bancos de todos os jardins;
se ao menos guardasses nos teus gestos essa bandeira de lirismo
que ambos empunhamos na cidade clandestina
Quando as manhas cheiravam a óleo e a flores
e o inverno espreitava ainda nas esquinas como uma criança tremendo;
se ao menos tivesses levado as minhas mãos para tocar os teus dedos
para guardar o teu corpo;
se ao menos tivesses quebrado o riso frio dos espelhos
onde o teu rosto se esconde no meu rosto
e a minha boca lembra a tua despedida,
talvez que, hoje, meu amor, eu pudesse esquecer
essa cor perdida nos teus olhos."

*Antologia Poética*

2 de abr de 2010

Culinária-Cookies





Este não é um blog dedicado à culinária, mas vou abrir uma exceção a uns biscoitos deliciosos que eu fiz, COOKIES ,que são quase poesia que derrete na boca..rss

Aqui vai a receita para quem se interessar em fazer em casa:

Ingredientes: Cookies de nozes

200 gr de margarina para culinária ou 2 tabletes de 100 gr
3 xic( chá) de açúcar -pode ser usada 1 xic de açúcar mascavo e 2 do branco
2 ovos inteiros
1 colh ( chá) de fermento em pó
1 colh (chá) de sal
4 xic(chá) de farinha de trigo ou um pouco mais, o suficiente para deixar a massa firme,sem grudar
1 xic de choc ao leite picado
1 xic de nozes picadas
pitada de canela em pó

Modo de fazer:
Misture o açúcar,os ovos e a margarina.
Acrescente a farinha, o sal ,a canela em pó e o fermento.
Misture bem,é uma massa pesada,pois não vai leite,pode meter a mão na massa,literalmente,só assim os ingredientes vão ficar bem incorporados. Acrescente depois o chocolate picado e as nozes ,termine de amassar e leve à geladeira por meia hora,para a massa ficar bem firme.
Depois é só fazer os cookies do tamanho que desejar. Eu já fiz bem grandes,médios e pequenos,prefiro os menores. Faça uma bola de massa com uns 2 ou 3 cm,enrolando nas mãos e depois de colocado na forma untada,é só apertar com um garfo para dar uma achatada.
Deixe uns 2 dedos de distância entre cada cookie pois eles crescem bastante.
Asse em forno médio por 12 ou 13 min, eles não precisam ficar duros ao sair do forno. Com este tempo de 12 min no forno,eles saem macios e o calor da forma termina de assá-los fora do forno.

A diferença de calor de cada forno influencia também. No meu ,eu coloco para assar 5 min em fogo médio- alto e os outros 7 min em fogo quase baixo.Dá quase sempre certo. Se passar deste tempo, o biscoito vai ficar muito seco,então cuidado com o tempo e com a potência do calor

Eu fiz a mesma receita,para COOKIES DE CHOCOLATE, adicionando cacau em pó na massa(5 colh de sopa) e adicionei castanhas e chocolate meio-amargo picado. Ficou uma delicia também.

Aí em cima estão as fotos com os dois tipos,ainda quentinhos do forno.

Boa sorte a quem tentar. Beijos de Páscoa a todos.

Pati K