28 de jan de 2009

Aprendizado




(Ferreira Gullar)


Do mesmo modo que te abriste à alegria

abre-te agora ao sofrimento

que é fruto dela

e seu avesso ardente.

Do mesmo modo

que da alegria foste

ao fundo

e te perdeste nela

e te achaste

nessa perda

deixa que a dor se exerça agora

sem mentiras

nem desculpas

e em tua carne vaporize

toda ilusão

que a vida só consome

o que a alimenta.

3 comentários:

Flor ♥ disse...

Oi, Pati... Não sei o que aconteceu... não és a primeira. Outro dia a Drica também foi excluida e me perguntou o que aconteceu e eu não sei... não exclui ninguém. E comigo aconteceu que fui excluida da página de duas pessoas também, e ao perguntar elas não tinham excluido também! Mais uma que o Sr. Orkut precisa explicar!

Flor ♥ disse...

Pati, vamos voltar pro Orkut... add de novo?

Bjs.

O Sibarita disse...

Que belo poema de chamamento, alerta, reflexão e doação!

Quem tiver ouvidos que ouça! kkkkk

bjs
O Sibarita