23 de set de 2008

Queda Livre

(Lya Luft)

Bem que eu queria dormir,
mas isso que não esqueço
me chama a noite inteira,
sem nome e sem piedade.

Se abro os olhos, eu caio
no esquecimento.Se durmo,
apagam-se as esperanças
- e não me sobra mais nada.

Devo largar minhas perdas
que ficaram na soleira
entre o passado e o recomeço?
Sempre que me levanto
eu perco um novo pedaço:
ouço os cacos rolando
a noite toda na escada.

Um comentário:

ROSANI disse...

Olá! Querida Paty

Parabéns! está lindo demais seu cantinho, cheio de cores, luzes, e emoções em cada palavra.

beijos perfumados no seu coração