29 de jun de 2008

Recanto



No recanto da minha
vida
Onde florescem os sons
do amor
Flui o calor da minha
alma
E lateja o coração
embevecido
Pelo simples olhar
teu.

Pati K

13 comentários:

Deusa Odoyá disse...

oi minha estimada amiga.

Obrigado por suas palavras em meu cantinho, espero que voltes sempre.
Esse seu poema está lindo, divino e nos faz sentir ao ler uma doçura e paz.
parabéns amiga.
voltarei sempre.
Bom domingo para tí também.

beijos e fique na paz.

regina Coeli.

Corações & Segredos disse...

Oi amiga!
Hoje vim pedir um favor:
Estou em votação no blog
Alma Guerreira:
http://mundoguerreiro.50webs.com/index.htm

Conto com vc amiga!!
Beijinhos e linda semana!

Etelvina de Oliveira disse...

Que dilicia esse poema.
Realmente, como disse a Deusa, ele é doce e tranquilo.
Adorei.
Sinto falta de suas visitas, não suma.

um beijo grandão

O Sibarita disse...

Dona menina! Hummm... kkk

Que bom, você escrevendo tão porreta assim, afffe... kkk

É isso ai fia! To alegre, que bom!

Pati, você é 10! A sua poesia tem muito do olhar em frente, e ao contrário do que se possa pensar no bojo está o otimismo. PARABÉNS!

Bjs
O Sibarita

Ivete disse...

Oi amiga,
Que bom receber sua visita e seu carinho.
To iniciando, e me deliciando, rssss
Seu cantinho tbém é lindo, irradia amor, carinho... muito aconchegante.
Voltarei mais vezes com certeza.
Boa semana, bjsssss

Sonia Regly disse...

Obrigada pela doce visitnha, fiquei muito feliz. Volte outras vezes.Beijinhos.

Reginaldo disse...

hummmmmmmmm xique ein, dorei beijos gatinha sumida

Anônimo disse...

passando e encantando com a beleza e sensibilidade dos blog.bjRic@rdo

Menina do Rio disse...

A alma florece plena neste recanto, alimentada pelo olhar...

Simples e belo!

Um beijo pra ti

Corações & Segredos disse...

Lindo poema miguinha!
vim desejar uma semaninha iluminada!
Espero contar comseu voto ok?
Beijos

José Rodrigues (JR.) disse...

Tão poucas palavras para tão vastos e complexos sentimentos. O problema das palavras, mesmo da escrita em versos, é a não correspondencia entre sentimentos e frases. Mas, por outro lado, é bom que haja mesmo esta assimetria e aquilo que sentimentos seja incapaz de ser, facilmente, traduzido em meras palavras proferidas de qualquer maneira.
Na historia recente no ocidente, já disseram que a historia havia morrido e que não se faria mais poesias depois do holocausto. mesmo assim, ainda a historia está em movimento e as poesias, como esta, mostram que enquanto houver amor, haverá vida e movimento.

um abraço,

Poesia! disse...

olá!
sou o adm. do sarau o fogo anda comigo e gostaria de fechar uma parceria com vc...
visite: thefirewalkswithme.blogspot.com
contato:
ofogoandacomigo@yahoo.com.br

OBRIGADO!!!

Pati disse...

Agradeço aqui aos visitantes que não conheciam e que gostaram do blog.me encanta ver quem se encanta com coisas simples..beijos a todos!