1 de abr de 2008


A poesia de Machado de Assis/Divulgação


Livro-TODA POESIA DE MACHADO DE ASSIS de Cláudio Moreno Leal

Editora Record/756 pag



No ano do centenério da morte de Machado de Assis(29 de setembro de 1908) é lançado um livro que reúne pela primeira vez,em um só volume a totalidade da produção poética do escritor carioca.São cerca de 180 poemas,muitos deles recolhidos de jornais,revistas,por estudiosos como J.Galante de Souza e Raimundo Magalhães Jr.


...A sua carreira literária foi marcada por uma constante dedicação à poesia,desde a estréia,em 1854,ao último famoso soneto,"A Carolina" publicado em 1906,dedicado à sua mulher.

A publicação de Toda poesia de Machado de Assis,além de resgatar significativamente os poemas,coloca ao alcance dos machadianos material para uma visão global da evolução do pensamento e da técnica do poeta.

Fundador e primeiro presidente da ABL,enttre 1897 e 1908,Machado de Assis era filho de uma portuguesa e de um operário mestiço.De saúde frágil,era epilético e,embora um ás das palavras,gago.Cedo perdeu os pais e a irmã caçula.Foi criado pela madrasta.Mesmo assim , o menino Joaquim Maria Machado de Assis,galgou degrau a degrau,o caminho das letras,tornando-se um dos maiores escritores da lingua portuguesa,com admiradores por todo o mundo.


Texto publicado no jornal O Sul-31/03/2008.
"Cada qual sabe amar a seu modo; o modo pouco importa; o essencial é que saiba amar." Machado de Assis

Nenhum comentário: