14 de fev de 2008



"És livre na luz do sol e livre ante a estrela da noite.

E és livre quando não há sol e nem lua ou estrelas.

Inclusive, és livre quando fechas os olhos a tudo o que existe.

Porém, és escravo de quem amas,pelo fato mesmo de amá-lo.

E és escravo de quem te ama pelo fato mesmo de deixar-te amar."

(Khalil Gibran)

2 comentários:

Vânia disse...

Ei Pati, muito obrigada por sua visita e pelo lindo comentário que escreveu para mim. Vim retribuir sua visita e fui presenteada com 'suas pérolas'...temos um gosto muito parecido.
Sobre a pintura digital estou à disposição para alguma informação que vc queira. No mais, espero que continuemos nos visitando...rs
Beijos, Vânia

Alma Perfumada disse...

Oi, me emocionei com esse poema!!!

beijocass


Por motivos técnicos, mudei meu endereço do meu cantinho!

http://rosaninauar1964-luzes.blogspot.com/